quinta-feira, 17 de julho de 2014

A Santa Rede na FLIST 2014


Logo na entrada principal o símbolo do CEAT: idealizador e realizador do evento.

A Santa Rede - Rede das Instituições e Produtores Culturais de Santa Teresa - teve neste ano uma pequena participação na FLIST - Festa Literária de Santa Teresa. Para quem desconhece a rede e o evento, segue abaixo uma breve memória...

A Santa Rede foi criada em maio de 2013, em reunião aqui mesmo em nosso parque, quando, em parceria com o Museu da Chácara do Céu, convidamos instituições culturais e congêneres de nosso bairro, além de produtores e promotores culturais independentes, que também residam ou atuem em Santa Teresa, a conversarmos no sentido de estabelecer trocas mais frequentes e intensas entre estes agentes de cultura, formando parcerias para a realização e divulgação de eventos conjuntos. Para saber maiores detalhes, confira este post aqui.

Barraquinhas de comidas típicas (ou não!), de livros usados ou de livrarias, de brechós e de artesãos
do bairro se concentraram na parte baixa do Parque das Ruínas, onde se realizou o evento.

Em sua quinta edição, a FLIST foi criada a partir da ideia de alunos e professores do CEAT - Centro Educacional Anísio Teixeira, que também faz parte da Santa Rede - e já é consagrada no calendário de nosso bairro e até mesmo no da cidade. Além da homenagem a autores contemporâneos , o lançamento de diversas publicações, sessões de autógrafos e o debate de ideias entre autores e personalidades ligadas à cultura, a Festa também agrega uma feira de livros - novos e usados - exposições de arte, um restaurante "pop-up", que funciona apenas nos dois dias da feira, algumas barraquinhas com artesanato, brechó e comidinhas - todas do bairro - e algumas apresentações de música e dança. Enfim: um grande encontro de tudo o que pode ser pensado como "cultura" em Santa Teresa.

Deste modo, nada mais natural que a Santa Rede também fizesse parte deste universo, divulgando ao público eventos e atividades das instituições e produtores associados, fazendo contato com possíveis novos membros e com outras entidades que podem se tornar parceiras, de acordo com a capacidade de organização de nossa - ainda pequena - rede de cultura.

Nossa simpática barraquinha pela manhã: com direito à pequeno tear do lado direito que nos ajudou a "tecer parcerias".

Tivemos uma barraquinha muito simpática junto às demais, recebemos visitantes e distribuímos nossos folders com programação de vários de nossos associados. Foi muito gratificante perceber que o conjunto das instituições culturais falando em conjunto para o público, ecoa mais poderosa e mais efetiva. Também foi bastante interessante notar as demandas do público e de outras instituições que visitaram a pequena tenda. Ou seja, um grande exercício de se tornar conhecido e também de conhecer uma série de elementos que podem se tornar "molas propulsoras" de ideias, eventos, parcerias e realizações diversas.

Esperamos estar novamente na FLIST do ano que vem: não perca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar. Sua visita é muito importante para nós!