Núcleo Educativo-Cultural

Com o intuito de promover o nome e a história de Benjamin Constant e de sua família, assim como de fatos históricos acerca da Proclamação da República, o Museu Casa de Benjamin Constant desenvolve atividades educativas e culturais para públicos de todas as idades.

Perguntas Frequentes:
Quantos alunos podem visitar o museu? As atividades do público escolar são feitas com grupos de no máximo 40 alunos, sendo que cada visita mediada ao Museu Casa é feita com um grupo de no máximo 20 estudantes, enquanto os outros 20 visitam o Parque (área verde).

Qual o tempo de duração da visita?
A duração de cada visita mediada à Casa e ao Parque é de aproximadamente 60 minutos. Caso o grupo tenha maior disponibilidade de horário, é possível acrescer à visita atividades educativas previamente organizadas, de acordo com o perfil dos estudantes.

Como agendar uma visita?
As visitas devem ser agendadas por um dos profissionais responsáveis pela escola (coordenador, professor, diretor), que acompanhará o grupo no dia da visita ao Museu. O agendamento pode ser feito pelo telefone (21) 3970-1168 ou pelo email mcbc@museus.gov.br, de segunda a sexta, das 10h às 17h.

É possível lanchar no Museu?
O Museu possui um amplo espaço ao ar livre, o que favorece a realização de divertidos piqueniques e possibilita aos visitantes estabelecer uma relação mais próxima com a natureza. Quando visitar o Museu, não se esqueça de trazer algum lanche além de guardanapos e toalhas. Nas dependências da instituição não são comercializados alimentos ou bebidas.


Conheça algumas das ações educativas e culturais promovidas pelo MCBC 

1. Ações Educativas

Projeto “Comemorando Datas Importantes no Museu”
Tendo em vista a colaboração e a cooperação escola-museu, a implementação da proposta educativa que apresentamos compreenderá uma visita mensal de turmas da escola de Educação Infantil e/ou do Primeiro Segmento do Ensino Fundamental, a fim de que elas comemorem datas do Calendário Cultural Escolar que estejam relacionadas ao MCBC.



Projeto “Encontro com Alunos no Museu de História”

Tal projeto tem por objetivo proporcionar uma visitação educativa que possibilite uma relevante troca de saberes entre os grupos que compõem os espaços museal e escolar, além da construção de novos olhares acerca do trabalho nos museus e do ensino da História do Brasil. Sua metodologia prevê a visitação de alunos do Ensino Médio e a análise de determinada fonte (que pode ser escrita ou um objeto) de seu acervo.

Circuitos Temáticos de Visitação

Circuito República – procura apresentar aos estudantes a vida e a obra de Benjamin Constant, contextualizando-a com a história do Brasil na virada dos séculos XIX e XX;

Circuito Família – enfatiza o ambiente familiar da segunda metade do século XIX e, através da família de Benjamin Constant, as rotinas caseira e profissional presentes num mesmo espaço;

Circuito Meio Ambiente – prioriza temas como a preservação do meio ambiente, diversidade de espécies, biodiversidade, cuidados com o lixo e reciclagem;

Circuito Cidadania - prioriza tópicos importantes como hábitos familiares, função social da mulher, hábitos de higiene e saneamento básico, iluminação, alimentação, utensílios, objetos e vestimentas e medicina no século XIX.  




Circuito Sítios Históricos da República

 
2. Ações Culturais  

"No Tempo de Benjamin" (Visita teatralizada)
 
Os personagens Benjamin Constant e Maria Joaquina voltam do século XIX para reconhecer a casa na qual viveram juntos entre os anos de 1890 e 1891. Benjamin e Maria Joaquina convidam o público presente no museu a conhecer a casa e seu acervo.

Os personagens Benjamin e Maria Joaquina convidam o público na Estação dos Bondes a participar de uma visita ao Museu Casa de Benjamin Constant.
 
Benjamin e Maria Joaquina recebem o público na varanda do Museu Casa.


"Uma Tarde na Chácara" (Contação de Histórias)

A atividade de contação de histórias tem como personagens "Joaninha" e "Sabiá Manolo", inspirados na fauna e flora do Parque do Museu, que convidam o público a passear pelo Parque para conhecer os lugares onde habitam. Os atores cantam ao vivo e contam histórias, de forma lúdica e divertida, sobre o bairro de Santa Teresa, o bonde, a casa que abriga o Museu e a vida de Benjamin Constant. A atividade é realizada ao ar livre e é indicada para toda a família.

Cartaz de divulgação da atividade "Uma tarde na Chácara"

No Caramanchão, os personagens Joaninha e Sabiá Manolo interagem com os visitantes do Museu.

"O Diário de Bernardina" (Teatro)

Apresentação teatral baseada no diário escrito pela filha de Benjamin Constant, que relata episódios interessantes e curiosos ocorridos nos dias que antecederam o 15 de novembro de 1889 sob a ótica de uma adolescente.

A personagem Bernardina, inspirada na filha de Benjamin Constant, revela ao público as anotações feitas em seu diário.

Caminhada no Parque

Nesta atividade o público é convidado a fazer uma caminhada pelas trilhas do Parque do Museu na companhia de mediadores Ao longo da caminhada, são realizadas dinâmicas sobre os diferentes tipos de vegetação, patrimônio natural e meio ambiente.

Estudantes participam da "Caminhada no Parque" acompanhados pelo personagem Dr. Ecológico.

Publicações 

Caderno Educativo 



Catálogo Comemorativo dos 25 anos do MCBC (2007)